Notícias

Um “wrap up” da Expo West 2018 para você do FoodBusiness

Um “wrap up” da Expo West 2018 para você do FoodBusiness

Para a coluna da Fi News, o time da Equilibrium Latam e nosso parceiro de negócios Peter Wennstrom, da Health Marketing Team, que acompanhou de perto a feira, trouxeram uma análise de como as startups estão desenhando o futuro. E como cada um de nós, consequentemente, pode virar um #gamechanger

 

#1 TOP TREND - 10x + naturais e orgânicos

Alimentos e bebidas naturais e orgânicos crescem 10 vezes mais se comparados aos processados.

À medida que estas “alternativas” tornam-se mais usuais, os volumes crescem, mas a sua trajetória de crescimento está achatada e a concorrência de preços está aumentando como era de se esperar. O E-commerce está colaborando para este crescimento, mas ainda em uma porcentagem muito pequena (2% dos alimentos e das bebidas e 7% da venda de bebidas).

 Alguns exemplos observados por lá:

fi.jpg

 

Desde 2016 no mercado, a marca Beyond Meat produz hambúrguer de soja e outras sementes com aparência e gosto semelhantes ao de carne bovina.

fi 2.jpg

Hambúrguer de jaca produzido pela Upton’s, com sabor semelhante ao da carne de porco.

 

#2- E depois da naturalidade, ou junto a ela, o que está quente no mercado americano?

  1. Revolução Vegetal
  2. Regeneração do solo
  3. Desperdício zero
  4. Faça do seu jeito
  5. Buzz do Canabidiol (maconha medicinal)

Associada à busca pela naturalidade, estas tendências têm uma relação próxima entre si. Esse cenário surge com um novo consumidor, sensibilizado com a sustentabilidade do planeta, defensor de uma agricultura familiar e diversa, do combate ao desperdício de alimentos em toda sua cadeia; em um consumo minimalista, esses consumidores optam algumas vezes por fazer, de forma artesanal, do pão ao seu iogurte. E, mesmo não sendo vegetariano, adotam um perfil flexitariano, no qual buscam um consumo sem origem animal alguns dias da semana.

O Canabidiol, ainda proibido por aqui, estreia como "a próxima grande coisa”. Se quiser saber um pouco mais, visite: https://www.thecannabist.co/2018/03/09/cbd-hemp-natural-products-expo-west/100873/

 

Alguns produtos

fi 3.jpg

 

A Frangiosa Farms oferece o Colorado Hemp Honey, uma variedade de mel cru combinado com extrato CBD.

fi 4.jpg

Desperdício zero: A produtora de saladas embaladas, a Organicgirl, está lançando bebidas prensadas a frio feitas com as sobras de alface.

 

# 3 - Canais on-line como nova solução

Uma pesquisa entre as empresas de bens de consumo revelou que a maioria das empresas novas (0-3 anos) escolhe começar o seu negócio na internet. Outros canais em crescimento são os food service (serviços de alimentação) e a divulgação por meio de profissionais de saúde e influenciadores do mundo do estilo de vida e do “foodie”. Neste cenário, o destaque vai para alimentos gourmets e especiais, naturais e produtos medicinais (suplementos e nutraceuticos), mesmo sabendo que o varejo tradicional ainda é a locomotiva dos volumes de vendas.

15 marcas que atraíram o olhar digital de milhares de entusiastas da saúde - e também chamaram atenção durante a Natural Products Expo West 2018:

  1. Siete Family Food (https://sietefoods.com)
  2. Matchabar (https://matchabarnyc.com/)
  3. Purely Elizabeth (https://purelyelizabeth.com)
  4. Nature’s Path (https://www.naturespath.com/en-us/)
  5. That’s it (https://thatsitfruit.com/)
  6. The Maple Guild (https://www.mapleguild.com/)
  7. Halo Top Creamery (https://www.halotop.com/)
  8. Patagonia Provisions (https://www.patagoniaprovisions.com)
  9. Garden of Life (https://www.gardenoflife.com/content/)
  10. Modern Oats (https://modernoats.com/)
  11. Made in Nature (https://www.madeinnature.com/)
  12. The Coconut Cult (https://thecoconutcult.com/)
  13. NadaMoo! (https://nadamoo.com/)
  14. Natrol (https://www.natrol.com/)
  15. Neocell (https://www.neocell.com/)

 

 #4- O consumidor como canal de compra

O crescimento nos canais alternativos é conduzido pelos millenials (Geração Y) e pelos compradores de canais naturais. O varejo passa por uma transformação e passa a integrar canais on e off-line. No Brasil já é possível retirar produtos comprados on-line em locais físicos, acompanhe a parceria entre Posto Ipiranga e a Via Varejo: http://www.meioemensage.com.br/home/ultimas-noticias/2018/01/09/via-varejo-fara-entregas-nos-postos-ipiranga.html

O consumidor é hoje o ponto de venda, e a casa é, mais frequentemente, o local de onde você faz as compras. A loja, o telefone e a internet são partes do seu ecossistema de compras.

Algumas Stratups estão usando o comércio eletrônico para sair do chão, um exemplo é a Cali’flour, na Califórnia, fabricante de massas de pizzas à base de vegetais. Com apenas dois anos, todos os seus negócios são direcionados ao consumidor. O marketing da empresa é realizado por meio de e-mail, Google AdWords, mídia social e comentários de clientes, o que permite que a empresa construa uma conexão mais forte com os consumidores e tenha total controle sobre sua mensagem. Em 2017, faturaram mais de US $ 5 milhões em vendas diretas ao consumidor, este ano espera-se um faturamento entre US $ 15 milhões e US $ 16 milhões. 

 

fi 5.jpg

 

#5- Consumidores sobrecarregados

A sobrecarga faz sentido, pois se a Expo West é uma reflexão do que está acontecendo, então, como consumidor você está de frente a um número cada vez maior de marcas novas, benefícios para a saúde e mensagens nutricionais. Experimente visitar no Brasil uma loja do Mundo Verde e verá que há um turbilhão de novas marcas que você não esta acostumado. A partir desta avalanche de informações, como o consumidor se orienta? Bem, a resposta simples é que ele está confuso, e tirando suas próprias conclusões, e como não há um único perfil de consumidor, não haverá um único direcionamento. O jogo está mais difícil e complicado.

Na página do LinkedIn da Equilibrium, você encontra diversos insights como este, além de novidades sobre o mercado de alimentos e bebidas. Clique aqui e aproveite os conteúdos da página!

 

Clique aqui para receber mensalmente um conteúdo exclusivo sobre startup.
startups@fi-events.com.br

Cynthia Antonaccio – sócia fundadora da Equilibrium – criando relações saudáveis.

ubm white

  Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

                             

                             UBM Brazil

                             Contato

                             Política de Privacidade

                             Mapa do Site

                             Login Diretório

                             Credenciamento

          

            

 

                              

  

Newsletter