Notícias

Inovação ou Criatividade - O que caracteriza o novo momento da indústria de alimentos no Brasil?

É fato que estamos vivendo um novo momento da indústria de alimentos em nosso país, as mudanças e oportunidades não se restringem apenas às tendências mundiais, analisadas e estudadas por grandes empresas, elas emergem de diferentes fontes e configuram um novo cenário onde a criatividade e o empreendedorismo têm feito a diferença e contribuído com o crescimento e desenvolvimento do setor.

Eu poderia usar diferentes números, de diferentes fontes para ilustrar as ideias e percepções que compartilharei com vocês neste artigo, poderia mostrar como o segmento alimentício tem crescido e se desenvolvido mas, como todos temos fácil acesso a esse tipo de informação, que tal exercitarmos a nossa capacidade de observação e, através dela, desenvolvermos alguns insights criativos para as nossas empresas ou para o nosso próprio negócio?

Há cinco anos tenho o privilégio de fazer parte do corpo de jurados do Fi Awards e, através desta importante premiação, tenho acompanhado de perto algumas movimentações significantes do nosso segmento. De uma forma geral, a busca por benefícios funcionais, saudabilidade e praticidade têm norteado boa parte dos novos projetos de pequenas, médias e grandes indústrias, sejam elas nacionais ou internacionais. Tais tendências também têm colaborado para uma fusão cada vez mais notável da indústria farmacêutica com a indústria de alimentos, basta observarmos a oferta crescente dos nutracêuticos e a quantidade de produtos alimentícios disponíveis nas grandes redes de drogarias - as vezes até ficamos em dúvida se estamos em uma farmácia ou em um mini mercado, não é mesmo? Tudo bem, estou exagerando um pouco, pelo menos aqui no Brasil, mas quem já teve oportunidade de visitar alguma loja da rede Wallgreens ou CVS nos Estados Unidos sabe bem do que estou falando. E como tudo que acontece lá fora em algum momento acaba acontecendo por aqui, é bom ficarmos de olho nas oportunidades!

Brincadeiras a parte, não podemos negar que o consumidor tem sido impactado cada vez mais, em diferentes lugares e através de diferentes fontes e, quando falamos em fontes não podemos esquecer da forte influência que a Internet e as Redes Sociais têm causado, principalmente no Brasil, onde o número de acessos através do celular já ultrapassa a marca de 202 milhões. Fator este que tem forçado até mesmo empresas como o Google a se adaptar. Não podemos deixar de lado também a ascensão dos programas culinários...quem nunca assistiu a pelo menos um episódio de algum deles?  

Internet, programas de televisão, empreendedorismo, mas o que isso tem a ver com a indústria de alimentos?

Eu digo que tem tudo a ver. Se você acompanha as publicações do Fi News já percebeu como o acesso cada vez maior à informação, a falta de tempo, o aumento da expectativa de vida e o desejo de crescer e envelhecer com saúde e bem estar têm sido fatores determinantes para o desenvolvimento de produtos de sucesso. A Internet e as Redes Sociais têm mudado a dinâmica das coisas e basicamente acelerado tudo e, neste aspecto, a indústria de ingredientes alimentícios precisa, urgentemente, expandir seus horizontes. Afinal de contas, do que adianta buscar a inovação constantemente se o acesso a ela fica restrito somente aos membros da própria indústria?

É basicamente neste ponto que a inovação dá lugar à criatividade.  A instabilidade econômica do nosso país tem contribuído fortemente para o desenvolvimento de novos negócios no mercado de alimentação e estes, por sua vez, prosperam frente à crise. Diferente das grandes indústrias, os novos empreendedores vêem se adaptando de forma mais rápida e dinâmica aos desejos dos consumidores e isso abre um novo leque de oportunidades para a indústria, para o consumidor e para a economia de uma forma geral.

Mas você deve estar se perguntando: por que estou falando disso?

Bem, é evidente que pequenas e médias empresas não possuem o mesmo poder e escalabilidade das grandes indústrias mas, há alguns anos observo o crescente número de empreendedores que têm submetido os seus produtos às diferentes categorias de premiação do Fi Awards e, o que mais me impressiona é o fato de que, quase que em sua totalidade, suas ideias e propostas estão muito bem alinhadas com tudo aquilo que nós consumidores realmente desejamos e tudo isso sem abrir mão da qualidade e da excelência.

Nós, como fabricantes de ingredientes, temos o dever de colaborar com esta nova força que tem surgido e se destacado em nosso país. É fato que a necessidade de se adaptar do brasileiro, principalmente em virtude do atual cenário econômico do nosso país, contribui e muito com a indústria de alimentos e, neste aspecto, a criatividade e a ousadia se destacam mais do que a inovação mas, será que a sua empresa está atenta a tudo isso? Será que realmente sabemos o que os nossos clientes e consumidores desejam? Que tal buscarmos informações além das planilhas e relatórios? Estas informações nos dão um norte, evidentemente, mas a verdadeira inovação só é possível quando realmente ouvimos aqueles que utilizam e consomem tudo aquilo que produzimos, por isso, convido vocês a saírem de suas mesas e escritórios e irem para as ruas, para os mercados, a dialogarem e fazerem perguntas, a fim de entender e compreender melhor as oportunidades que existem e que talvez não estejam sendo exploradas pela sua empresa ou pelo seu negócio.

Aproveito para deixar os meus parabéns a todos os participantes da última edição do Fi Awards. É motivante e gratificante ver como a paixão e a coragem de quem busca o novo e realiza pode inspirar cada vez mais pessoas a ir além.

Nos vemos na FiSA! 

Matéria exclusiva disponibilizada por: Gelita

ubm white

  Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM: uma das maiores empresas do mundo em mídia de negócios

Nos mais de 30 países onde realiza seus eventos, a UBM constrói relacionamentos duradouros com especialistas e players do mercado e gera oportunidades que alavancam e fomentam o desenvolvimento da indústria local em âmbito global. Ler Mais

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
E-mail Inválido
Entrada Inválida
Inserir os letras Invalid Input